A Coruja (Urukure'a), para os Mbyá, significa um bom sinal, boa noite, trás tranquilidade.

Para as comunidades, o artesanato de madeira em bichinhos de madeira se trata de uma homenagem aos animais silvestres, e que correm risco de serem extintos. As esculturas de bichinhos são um artesanato rico em detalhes, confeccionados pelos homens das comunidades utilizando madeiras como a Guajuvira, Kurupicá, e o Cedro.

 

O processo para fazer as escultura envolvem a busca de matéria prima em regiões, muitas vezes, com longas distâncias geográficas. Depois de trazer a matéria-prima para a aldeia, se inicia um minucioso e cuidadoso trabalho, onde as mãos habilidades dos artesãos trabalham com apenas uma pequena faca e o peso de suas mãos, dando forma aos diversos animais da fauna local.

 

Com todas as formas e traços esculpidos, chega a hora de queimar para fazer os desenhos. A queima com ferro quente se dá com extremo cuidado, de modo a evidenciar as características de cada animal, assumindo assim uma espécie de pintura.

 

Por fim, o acabamento dá a obra o toque final com ajustes e retorques nas formas dos bichinhos.

 

Eles constituem uma importante fonte de renda paras aldeias e integram o vasto conjunto de artesanatos tracionais que formam o “Mba’eapo Tenonde”, a arte originária Mbyá Guarani.


fonte: Catálogo Mba’Tenonde


Dimensões:

Escultura Coruja | Mbyá Guarani

R$ 97,00Preço